top of page
Buscar
  • Foto do escritorJuliana Blanco

Desafios Corporativos em relação ao uso do WhatsApp

Atualizado: 9 de ago. de 2023

Os profissionais com um pouco mais de tempo na jornada corporativa ainda lembram que o aparelho de fax foi uma inovação para a comunicação corporativa, e, mais recentemente, o aplicativo WhatsApp trouxe um novo salto para as relações interpessoais que se estendeu por todas as empresas.


O aplicativo WhatsApp possibilita a transmissão de texto, fotos, áudios e vídeos que facilita e dinamiza a comunicação empresarial, mas também se mostra como um potencial fonte de risco se não for devidamente regulamentado pela empresa.


Vale lembrar que as informações empresariais, trocadas no WhatsApp, permanecem arquivadas e assim, seria importante regular quais informações podem trafegar nos celulares corporativos, minimizando o prejuízo de eventual extravio de informações no caso de perda ou roubo do aparelho.

Aquele (a) colaborador (a) celetista que atende o cliente ou ao superior em horário fora do expediente normal pelo WhatsApp poderá requerer o pagamento de horas-extras tendo como justificativa o sobreaviso. Obviamente a frequência dos eventos deverá ser analisada, entretanto, tem-se tornado comum o pedido de condenação em ações trabalhistas.


Um dos pontos mais sensíveis passa pela regulamentação do uso do WhatsApp nos grupos da empresa, tendo em vista que cabe à empresa vigiar as atitudes de seus colaboradores no ambiente corporativo, inclusive no virtual.


Importante mencionar que nos grupos corporativos de WhatsApp piadas ou comentários de cunho racista, sexista, homofobia ou ainda xenofóbica não podem ser admitidas em hipótese alguma. De igual modo, conteúdo sexual não tem espaço em um ambiente sadio.


Vale lembrar que uma mensagem maliciosa pode ser entendida como assédio sexual ou ainda mensagens recorrentes que exponham o (a) colaborador (a) poderão ser caracterizadas como assédio moral.


Objetivando evitar o desvio de informação sigilosa ou ainda, responder em ações trabalhistas, sugere-se que o uso do WhatsApp seja regulamentado em consonância com os valores e código de conduta da empresa.


Assim, confira abaixo algumas dicas para regulamentação do tema dentro da empresa:


  1. Mapeie os dados que trafegam pelo WhatsApp : busque entender com as áreas da empresa quais atividades exigem que os funcionários recorram ao whatsapp para trocar dados e informações;

  2. Conte com a equipe de TI para medidas de segurança : nos celular e equipamentos corporativos (não aqueles pessoais dos empregados), a equipe de TI poderá instalar ferramentas de segurança da informação como backup automático e criptografia para evitar invasão e perda dos dados;

  3. Crie um procedimento claro com as regras do uso: se sua empresa pretende delimitar horários e forma de utilização do WhatsApp, é importante que as orientações sejam escritas para que os funcionários conheçam e cumpram;

  4. Treine a liderança : o exemplo é o melhor treinamento. A liderança deve estar atenta e cumprindo as regras de utilização do WhatsApp, como forma de cascatear para as equipes a forma que a empresa espera que eles lidem com o aplicativo.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page